UNIFICAÇÃO CUSTO x PCP

22-set-2014

Prezado(a),

 

Iniciamos uma série de alterações para a unificar os módulos PCP e Custo com o objetivo de eliminar cadastros redundantes entre os mesmos e consequentemente simplificar o uso dos mesmos.

 

ESTE PACOTE SERÁ DISPONIBILIZADO NA SEMANA DO DIA 29. AVISAREMOS QUANDO FOR PUBLICADO.

 

Neste primeiro pacote, foram aplicadas as seguintes alterações:

 

  1. O programa do menu PCP/Etapa Especificação foi excluído. As tarefas do PCP serão geradas a partir da composição da especificação do serviço. No cadastro da especificação, abaixo do resultado da pesquisa, você terá acesso ao botão “Mão de Obra Interna” que é onde você vai definir a mão de obra aplicada em um determinado serviço.
    • Para quem utiliza Custo e PCP, as etapas que estavam cadastradas no módulo PCP serão ignoradas na nova versão e o sistema vai passar a considerar somente a mão de obra que está na composição atual do serviço.
    • Para quem utiliza somente PCP, criamos o cadastro de mão de obra interna automaticamente a partir do cadastro de etapas de produção e criamos uma composição para o serviço.
    • Para quem utiliza somente Custo, não será afetado por esta alteração.
  2. Dependência entre etapas:
    • As dependências que eram definidas no programa Etapa Especificação foram generalizadas e agora são definidas no programa PCP/Etapa Produção. Para cada Etapa Produção você poderá definir quais as etapas anteriores
  3. O programa Produto/Composição Especificação também deixou de existir. Os serviços e materiais da composição será informados diretamente no cadastro da especificação. No cadastro da Especificação do serviço, abaixo do resultado da pesquisa, tem os botões “Material/Serviço Terceiro” e “Mão-de-obra Interna” onde você poderá definir os materiais e serviços da composição.
  4. O que aconteceu com as composições? As composições transformaram-se em Especificações e os materiais e serviços da composição ficaram vinculados diretamente a especificação.
  5. O que é Mao-de-Obra Interna? Dentro de uma composição você informava os materiais e os centros de custo. Para cada centro de custo foi criado automaticamente uma mão-de-obra interna que é cadastrada e mantida no programa Produto/Produto ou Produto/Espeficação Produto. Foi criado o produto SERVIÇOS INTERNOS e uma especificação para cada centro de custo existente. Logo, a partir de agora, você não vai informar quantos minutos é utilizado em um determinado centro de custo, mas sim quantos minutos é utilizado de um serviço interno.
  6. No cadastro da especificação do serviço baseado em custo, você poderá definir o percentual de lucro, tributação e a unida medida de venda.
  7. No cadastro da especificação dos SERVIÇOS INTERNOS você poderá definir o centro de custo do mesmo, a etapa de produção onde o mesmo acontece e setor onde o mesmo é executado.
  8. No cadastro dos materiais você poderá definir agora a unidade de medida de estoque e a unidade de medida utilizada em composições. Exemplo: Você pode definir que um material é mantido em estoque em Litros mas para efeito de composição de custo você pode definir que a unidade é Mililitros.
  9. Conversão de Unidade de Medida: No menu Produtos, tem agora o programa “Unidade Medida Conversão” que vai permitir definir a conversão de uma unidade de medida utilizada na composição para uma unidade de medida de estoque. Assim, se na composição você está utilizando Mililitros e para controle de estoque estiver utilizando Litros, quando for fazer uma baixa de estoque o sistema vai converter Mililitros em Litros e fazer a baixa de estoque em Litros.
  10. Orçamento Baseado em Custo: Na inclusão de um item de orçamento, antes de confirmar a inclusão você já poderá ver ou definir os materiais e serviços aplicados no mesmo. Nos serviços (mão-obra-interna) , para quem utilizada PCP, é definido a Etapa Produção e Setor onde um determinado serviço será executado. Isto automaticamente vem da composição, mas poderá ser alterado diretamente no orçamento.